MOTIVAÇÃO, OBJETIVOS E EXERCÍCIO.


Toda vez que algum dos meus alunos "reclama" que uma sessão de treinamento está difícil, eu costumo responder usando a seguinte frase:

"Treinamento difícil! Vida fácil!"

Um dias desses depois de passar por essa situação uma questão chamou muito a minha atenção.


Por qual motivo duas pessoas "percebem a dificuldade" de uma mesma sessão de forma diferente?

Uma resposta que logo vem a nossa cabeça é que aquela pessoa que acha o exercício mais difícil deve ter um menor grau de condicionamento físico.

Mas será que existem outras questões envolvidas?

Será que uma está mais motivada que a outra?

O que realmente faz um aluno se manter motivado?

Recentemente assisti a uma palestra realizada por uma pesquisadora da Universidade de Nova York chamada Emily Balcetis. Nessa palestra ela descreve dois estudos bem interessantes.

Estudo 1

66 adultos que visitaram um parque em Nova York, no verão, foram instruídos para estimarem a que distância estavam de um cooler aberto contendo bebidas e gelo.

Eles foram instruídos a usarem duas técnicas diferentes para fazer isso.

Na primeira, chamada atenção focada (AF), foi pedido que os participantes somente dirigissem sua atenção ao cooler e evitassem prestar atenção nos detalhes do ambiente.

Na segunda, chamada de atenção natural (AN), eles foram instruídos para dirigirem sua atenção ao cooler e aos detalhes do ambiente.

Os resultados mostraram que as pessoas que usaram a técnica AF estimaram estar a uma distância menor do cooler do que as pessoas que usaram a técnica AN.

Estudo 2

Neste estudo o objetivo foi avaliar se a AF poderia melhorar o desempenho na atividade física.


Para isso foram avaliadas duas variáveis, uma física e outra psicológica, foram elas:

  • Velocidade de caminhada em um teste de 6 metros;

  • Sensação subjetiva de esforço (SSE).

73 adultos foram novamente divididos em dois grupos, um usou a técnica AF e o outro a técnica AN para completarem a distância caminhando o mais rápido possível e também para estimarem a distância que deveriam completar (a distância de 6 metros não foi informada).

Durante o teste cada participante deveria usar nos tornozelos uma sobrecarga igual a 15% do seu peso corporal.


Ao final do experimento os resultados demonstraram que as pessoas que usaram a técnica AF foram mais rápidas e tiveram uma menor SSE do que as pessoas que usaram a técnica AN.


Estes dados mostram que as pessoas que tiverem sua atenção focada no objetivo de uma sessão ou de um programa de treinamento podem permanecer mais motivados, assim como obterem melhores resultados.


Mostram também que nossa percepção da "dificuldade" de um exercício ou de um objetivo a ser alcançado apresenta fatores físicos e também psicológicos.


Então o que isso tudo quer dizer?

Quer dizer que você e seu professor/treinador devem estabelecer objetivos de curto e longo prazo para serem alcançados com o seu programa de treinamento e estilo de vida.

Assim você permanecerá com um foco maior, mais motivado e terá maior facilidade de atingir suas metas!

Grande abraço e até mais...

Carlinhos

Referência

Cole S, et al. 2014. Focused and fired up: Narrowed attention produces perceived proximity and increases goal-relevant action. DOI: 10.1007/s11031-014-9432-3

Posts Recentes
Arquivos
  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social