Por que comemos como comemos atualmente? Parte 2

 

 

Essa é segunda parte da postagem onde conto como três importantes fatos ocorridos no EUA na segunda metade do século XIX podem ter influenciado significativamente a forma como nos alimentamos hoje.

 

 

Caso você não tenha lido a primeira parte, clique aqui. É importante que você a leia, pois assim entenderá o contexto daquele período e, portanto compreenderá melhor a minha opinião.

 

História de mais um famoso produto!

 

Por volta de 1968, Henry John Heinz passa por um grande fracasso na tentativa de criar um produto alimentício americano que fosse vendido por todo país. Isso repercute de forma negativa sobre sua imagem e sua família.

 

Passando por momentos difíceis ele é convidado para jantar na casa do irmão, o prato daquela noite seria carne com batatas.

 

Durante o jantar, a conversa gira em torno do momento de John e como estavam a esposa e as crianças. Em determinado momento John pede a sua cunhada que ela lhe passe um molho a base de peixe para que ele o coloque na carne.

 

Esse molho chegou aos EUA trazido pelos Ingleses da China, onde segundo sua origem remonta de 544 AC. Nesse período o Imperador Chinês Wu-Ti teria descoberto um poço com entranhas de peixe, mas que exalava um aroma delicioso.

 

Ao provar o “molho”, um Imperador precisava ser corajoso (ahahah), ele teria adorado o sabor e dado o nome de Chu I. Mais tarde o nome passaria por alterações, sendo então chamado de Kê-Chiap.

 

Esse molho foi conhecido pelos marinheiros Britânicos e levado para as Índias Orientais em 1690, marinheiros que na Malásia tiveram contato com outro molho de peixe fermentado e criaram uma receita adaptada usando cogumelos, ostras, pepino, nozes e anchovas fermentadas.

 

O motivo pelo qual John pediu o molho ao irmão não era pelo fato de o molho ter um sabor delicioso, era porque naquele período em todas as grandes cidades americanas pós Revolução Industrial a carne não tinha um sabor agradável.

 

Isso era devido à forma que ela era preservada, armazenada e vendida. Venda essa, que frequentemente era feito por comerciantes desonestos. Caso você queira entender o contexto da época em relação a preservação, armazenamento e venda dos alimentos clique aqui para ler a parte 1.

 

Enquanto comia a carne, agora com um sabor que era ao menos palatável, ele continuava pensando em como faria para recuperar-se do seu fracasso.

 

Foi então que teve a ideia de criar um molho, mas não a base de peixe, mas sim a base de tomate e que tivesse a mesma finalidade. Para isso convidou seu irmão.

 

Após muito trabalho ele cria um molho à base de tomates com vinagre e açúcar, dando a esse molho o nome de Ketchup Heinz. Produto que viria a tornar-se o mais famoso do mundo.

 

Como isso influenciou nosso estilo alimentar?

 

O ketchup é provavelmente um dos molhos mais consumidos no mundo. Ele usado com diferentes alimentos, como pizzas, hambúrgueres, batatas fritas e outros.

 

 

As pessoas costumam consumir por diferentes razões, como para deixar os alimentos mais picantes, diminuir o gosto da sal, para deixar o alimento mais saboroso ou ainda para “umedecer” refeições secas.

 

 

A questão é que o ketchup, assim com outros alimentos, possui uma grande quantidade de açúcar. E já existem uma grande quantidade de evidências científicas que demonstram o risco do consumo de açúcar para nossa saúde.

 

 

Em média a cada 100 gramas de ketchup consumidas, você consome também 22 gramas de açúcar. Considerando que outros produtos industrializadas que contêm açúcar também são consumidos, como barras de cereal (30g de açúcar em um unidade), iogurte de frutas (20g em um pote) e suco de frutas em caixinha (20g em 200ml), o consumo diário de açúcar pode facilmente chegar próximo a 100 gramas diárias.

 

O consumo dessa quantidade pode aumentar significativamente o risco de diabetes, doenças cardiovasculares, câncer e até mesmo Alzheimer.

 

Por isso! Caso seu consumo de açúcar seja grande e você não sabia disso, repense a forma como você se alimenta!

 

Abraço, Carlinhos.

 

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivos
Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Instagram ícone social
  • YouTube ícone social